Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

ORAÇÃO POR ALGUÉM QUE ACABOU DE MORRER

Compartilhe:
sem-titulo-1

Deus Todo Poderoso, que a vossa misericórdia se estenda sobre o espírito de F………… que acabais de chamar à vossa presença. Possam as provações que ele sofreu na Terra serem contadas, e as nossas preces suavizar e abreviar as penas que ainda tenha de sofrer.

Bons espíritos que viestes recebê-lo, e vós, sobretudo, seu Anjo da Guarda, assisti-o auxiliando-o a despojar-se da matéria; daí-lhe a luz e a consciência de si mesmo, a fim de tirá-lo da perturbação que acompanha a passagem da vida corporal à vida espiritual. Inspira-lhe o arrependimento das faltas que cometeu e o desejo de repará-las para a vida eterna e bem-aventurada. F……….. acabais de entrar no mundo dos espíritos e, entretanto, aqui estais presente no meio de nós: vede-nos e nos ouvis, porque a única diferença que entre nós existe é a do corpo mortal que acabastes de deixar e que, brevemente, estará reduzido a pó. Deixastes o grosseiro invólucro sujeito às vicissitudes e à morte; conservais somente o invólucro etéreo, imortal e inacessível aos sofrimentos. Materialmente falando não fazeis mais parte deste mundo: gozais da vida espiritual, que está isenta das misérias que afligem a humanidade. Não tendes mais o véu que oculta às nossas vistas os esplendores da vida futura: Podeis, doravante, se vo-lo for permitido, contemplar novas maravilhas, ao passo que nós estamos ainda mergulhados em trevas. Podeis, se dado vos for permitido, percorrer o espaço e visitar os mundos, com toda a liberdade enquanto que nós nos arrastamos, penosamente, sobre a Terra, onde nos retém o nosso corpo material, semelhante a um pesado fardo. O horizonte do infinito vai se desenrolar diante de vós; em presença de tantas grandezas, compreendereis a vaidade dos nossos desejos terrestres, das nossas ambições mundanas e das alegrias fúteis de que os homens fazem suas delícias. A morte é apenas a separação material de alguns instantes; do exílio onde nos retém a vontade de Deus, bem como os deveres que temos de cumprir neste mundo, nós vos seguiremos com o pensamento até o momento em que permitido nos seja juntarmo-nos a vós, assim como já vos juntastes aqueles que vos precederam. Se não podemos ir para junto de vós, vós podeis vir para junto de nós: vinde, pois, ter entre os que vos amam e que amais; sustentai-nos nas provações da vida; velai por aqueles que vos são caros, protegei-os conforme puderdes, suavizai seus pesares inspirando-lhes o pensamento de que sois mais feliz agora, e a consoladora certeza de que dia virá em que se reunirão convosco em um mundo melhor. No mundo em que vos achais, todos os ressentimentos terrestres devem se extinguir. Perdoai, pois, os que vos ofenderam como eles vos perdoam.

Fonte: Genuína Umbanda.

Deixe seu comentário:

Redes sociais

Últimos eventos

Aproveite

Aproveite